20Ago 2015

CABELOS: CRONOGRAMA CAPILAR – Como recuperei meus fios

Postado por às em Cabelos

Sabe quando seu cabelo está muito ruim e precisa de cuidado intensivo? Bom, há uns 2 anos, eu clareei as pontas do meu cabelo que era super saudável – mesmo com progressiva. Quando eu descolori as pontas, por uns 3 meses meu cabelo ficou apenas com as pontas ressecadas, mas com o uso de shampoos matizantes (que ressecam demais), meu cabelo foi piorando pra uma situação que eu tive que voltar a escurecer e talvez cortar. Essa seleção de fotos dos meus cabelos mais claros.

Sou apaixonada com cabelo longo e não me lembro de ter cabelo curto. Então, cortar era a última opção. Entrei em vários blogs especializados em cabelos e comecei a cuidar. O que achei mais difícil foi identificar o que meu cabelo precisava pra poder dar o que o ajudaria. Depois de analisar bastante, montei meu cronograma capilar!

Hoje o post é bem grande, então senta, relaxa que vem história!

O que é o cronograma capilar?

O cronograma consistem em avaliar as necessidades do seu cabelo, que perdem nutrientes todos os dias e montar um cronograma de ações para recuperar os fios danificados.

Eu preciso de um cronograma capilar?

O que muita gente não sabe é que mesmo um cabelo saudável perde nutrientes e eles também precisam de cuidados, nem que seja uma hidratação. A diferença de um cabelo saudável para um que necessita de mais cuidados é a frequência e o tipo de tratamento que o cabelo vai receber.

Existem 3 tipos de tratamentos: HIDRATAÇÃO, NUTRIÇÃO E RECONSTRUÇÃO. Mas como saber qual delas seu cabelo precisa?

Todo cabelo precisa de hidratação, mesmo que seja um cabelo saudável. O normal é que ela seja feita uma vez por semana em cabelos saudáveis. Mas caso seu cabelo esteja mais danificado, provavelmente ele precise de nutrição e reconstrução.

Como identificar o que os cabelos precisam?

HIDRATAÇÃO: Cabelos ressecados e sem brilho, com toque áspero e mais rígidos
NUTRIÇÃO: Cabelos com muito volume, muito frizz, desalinhados e porosos
RECONSTRUÇÃO: Cabelos “elásticos”, frágeis, quebradiços

No meu caso, meu cabelo precisava MUITO DE TUDO! Estava muito desgastado, tinha passado por muita química (descoloração, tintura e progressiva) e precisava URGENTE de um cronograma intenso, porque além de tudo, ainda usava muito o secador e a chapinha. Então, avaliando meu cabelo e a intensidade das coisas que eu fazia, montei o cronograma da seguinte forma, para o primeiro mês:

1ª Semana: 1 Hidratação + 1 Nutrição + 1 Reconstrução
2ª Semana: 1 Nutrição + 1 Hidratação +Nutrição
3ª Semana: 1 Hidratação + 1 Nutrição + 1 Reconstrução
4ª Semana: 1 Nutrição + 1 Hidratação + 1 Nutrição

No segundo mês já vi bastante diferença, meu cabelo já estava mais “pesado” mas as pontas ainda estavam muito fragilizadas. Fiz da seguinte forma:

1ª Semana: 1 Hidratação + 1 Nutrição + 1 Reconstrução
2ª Semana: 1 Nutrição + 1 Hidratação
3ª Semana: 1 Hidratação + 1 Nutrição + 1 Reconstrução
4ª Semana: 1 Nutrição + 1 Hidratação

No terceiro mês, eu confesso que só hidratei porque achei que o cabelo já estava bom e fiz assim:

1ª Semana: 1 Hidratação + 1 Hidratação
2ª Semana: 1 Hidratação
3ª Semana: 1 Hidratação + 1 Reconstrução
4ª Semana: 1 Hidratação

Mas eu descuidei e não era a necessidade do meu cabelo. Ele ainda precisava de mais e voltou a ficar ressecado. Agora, vou voltar com o cronograma mais intenso, e vou ficar alguns meses com o segundo cronograma que eu montei.

Vale lembrar que esse cronograma foi montado com a necessidade do meu cabelo. Tem cabelos que vão precisar de mais nutrição, outros de mais reconstrução. Você tem que analisar o seu cabelo.

Como identificar as máscaras que vão hidratar, nutrir e reconstruir seu cabelo?

Bom, depois de analisar o que seu cabelo precisa, como achar no mercado o que vai tratar seu cabelo. Existem inúmeras máscaras boas pra tratar os cabelos, mesmo as mais baratinhas. Mas saber ler o rótulo vai ajudar muito na hora de escolher o produto certo para seu cabelo.

HIDRATANTES: são compostas por ceramidas, aloe vera, D-pantenol, vitaminas e etc.
NUTRITIVAS: são compostas a base de óleos ou manteigas argan, macadâmia, karité, coco, e outras. Sempre que tiver óleo na fórmula, a máscara é nutritiva – mesmo que venha escrito na embalagem 100% hidratação.
RECONSTRUTORAS: são as máscaras que têm queratina na fórmula! Mas fique atenta: a queratina (keratin, hydrolyzed keratin) tem que estar no início da fórmula senão ela não vai ser o principal ativo e não vai ser reconstrutora.

Ufa! Depois dessas informações, eu separei meus produtos preferidos para cada finalidade e eu vou mostrar em outro post porque esse já ficou bem grande!